Emmy 2013 – os indicados

Emmy

Dá vontade de ignorar completamente o Emmy 2013 só pela não-indicação da Tatiana Maslany (“Orphan Black”) como melhor atriz. Mas como não dá pra fazer isso, segue abaixo a lista completa dos indicados, anunciados hoje cedo pelo Aaron Paul e pelo Neil Patrick Harris.

Durante o dia vou publicar os meus comentários categoria por categoria, então voltem aqui mais tarde.

Vale lembrar que a premiação acontece só em 22 de setembro.

Melhor Série Cômica
30 Rock – NBC
The Big Bang Theory
 – CBS
Girls 
– HBO
Louie
 – FX
Modern Family
 – ABC (ganhou em 2012)
Veep 
– HBO

Melhor Atriz em Série Cômica
Lena Dunham – Girls
Edie Falco – Nurse Jackie
Amy Poehler – Parks and Recreation
Tina Fey – 30 Rock
Julia Louis-Dreyfuss – Veep (ganhou em 2012)
Laura Dern – Enlightened

Melhor Ator em Série Cômica(*)
Louis C.K. – Louie
Matt Le Blanc – Episodes
Jason Bateman – Arrested Development
Jim Parsons – The Big Bang Theory
Don Cheadle – House of Lies
Alec Baldwin – 30 Rock

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Cômica
Maylim Bialik – The Big Bang Theory
Julie Bowen – Modern Family (ganhou em 2012)
Sofia Vergara – Modern Family
Jane Krakowski – 30 Rock
Merrit Wever – Nurse Jackie
Anna Chlumsky – Veep
Jane Lynch – Glee

Melhor Ator Coadjuvante em Série Cômica(**)
Ed O’Neil – Modern Family
Jesse Tyler Ferguson – Modern Family
Ty Burrell – Modern Family
Bill Hader – Saturday Night Live
Tony Hale – Veep
Adam Driver – Girls

Melhor Atriz Convidada em Série Cômica
Melissa Leo – Louie
Kristen Wiig – Saturday Night Live
Melissa McCarthy – Saturday Night Live
Elaine Strich – 30 Rock
Elisabeth Banks – Modern Family
Molly Shannon – Enlightened
Dot-Marie Jones – Glee

Melhor Ator Convidado em Série Cômica
Bob Newheart – The Big Bang Theory
Justin Timberlake – Saturday Night Live
Louis C.K. – Saturday Night Live
Bobby Cannavale – Nurse Jackie
Will Forte – 30 Rock
Nathan Lane – Modern Family

Melhor Direção Série Cômica
Lena Dunham, por On All Fours – Girls
Paris Barclay, por Diva – Glee
Louis C.K., por New Year’s Eve – Louie
Gail Mancuso, por Arrested – Modern Family
Beth McCarthy-Miller, por Hogcock!, 30 Rock

Melhor Roteiro em Série Cômica
David Crane e Jeffrey Klarik, por Episode 209 – Episodes
Louis C.K. e Pamela Adlon, por Daddy’s Girlfriend – Louie
Greg Daniels, por Finale – The Office
Jack Burditt e Robert Carlock, por Hogcock! –  30 Rock
Tina Fey e Tracey Wigfield, por Last Lauch – 30 Rock

Melhor Série Dramática
Breaking Bad – AMC
Downton Abbey – PBS
Game of Thrones – HBO
Homeland –
 Showtime (ganhou em 2012)
House of Cards – Netflix
Mad Men – AMC

Melhor Atriz em Série Dramática
Vera Farmiga – Bates Motel
Michelle Dockery – Downton Abbey
Claire Danes – Homeland (ganhou em 2012)
Robin Wright – House of Cards
Elisabeth Moss – Mad Men
Connie Britton – Nashville
Kerry Washington – Scandal

Melhor Ator em Série Dramática
Bryan Cranston – Breaking Bad
Hugh Bonneville – Dowton Abbey
Damian Lewis – Homeland (ganhou em 2012)
Jon Hamm – Mad Men
Jeff Daniels – The Newsroom
Kevin Spacey – House of Cards

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática
Anna Gunn – Breaking Bad
Maggie Smith – Downton Abbey (ganhou em 2012)
Emilia Clarke – Game of Thrones
Morena Baccarin – Homeland
Christina Hendricks – Mad Men 
Christine Baranski – The Good Wife 

Melhor Ator Coadjuvante em Série Dramática
Bobby Cannavale – Boardwalk Empire
Jonathan Banks – Breaking Bad
Aaron Paul – Breaking Bad (ganhou em 2012)
Jim Carter – Downton Abbey
Peter Dinklage – Game of Thrones
Mandy Patinkin – Homeland

Melhor Atriz Convidada em Série Dramática
Diana Rigg – Game of Thrones
Linda Cardellini – Mad Men
Joan Cusack – Shameless
Margo Martindale – The Americans
Carrie Preston – The Good Wife
Jane Fonda – The Newsroom

Melhor Ator Convidado em Série Dramática
Rupert Friend – Homeland
Robert Morse – Mad Men
Harry Hamlin – Mad Men
Dan Bucatinsky – Scandal
Nathan Lane – The Good Wife
Michael J. Fox – The Good Wife

Melhor Direção em Série Dramática
Michelle MacLaren, por Gliding Over All – Breaking Bad
Tim Van Patten, por Margaret Sands – Boardwalk Empire
Jeremy Webb, por Episode 4 – Downton Abbey
David Fincher, por Chapter 1 – House of Cards
Leslie Linka Glatter, por Q&A – Homeland

Melhor Roteiro em Série Dramática
George Mastras, por Dead Freight – Breaking Bad
Thomas Schnauz, por Say My Name – Breaking Bad
Julian Fellowes, por Episode 4 – Downton Abbey
David Benioff e D.B. Weiss, por The Reigns of Castamere – Game of Thrones
Harry Bromell, por Q&A – Homeland

Melhor Minissérie ou Filme Para TV
American Horror Story: Asylum
Behind the Candelabra
Political Animals
Phil Spector
The Bible
Top of the Lake

Melhor Atriz em Minissérie ou Filme Para TV
Jessica Lange – American Horror Story: Asylum (ganhou em 2012 como coadjuvante)
Helen Mirren – Phil Spector 
Elisabeth Moss – Top of the Lake
Laura Linney – The Big C Hereafter
Sigourney Weaver – Political Animals

Melhor Ator em Minissérie ou Filme Para TV
Michael Douglas – Behind the Candelabra
Al Pacino – Phil Spector
Matt Damon – Behind the Candelabra
Benedict Cumberbatch – Parade’s End
Toby Jones – The Girl

Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Filme Para TV
Sarah Paulson – American Horror Story: Asylum
Alfre Woodard – Steel Magnolias
Imelda Staunton – The Girl
Ellen Burstyn – Political Animals
Charlotte Rampling – Breathless

Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Filme Para TV
James Cromwell – American Horror Story: Asylum
Peter Mullan – Top of the Lake 
Zachary Quinto – American Horor Story: Asylum
Scott Bakula – Behind the Candelabra
John Benjamin Hicky – The Big C: Hereafter

Melhor Programa de Variedades, Comédia ou Musical
The Colbert Report
Real Time With Bill Maher
Saturday Night Live
Jimmy Kimmel Live
Late Night With Jimmy Fallon
The Daily Show With Jon Stewart (ganhou em 2012)

Melhor Reality Show de Competição
So You Think You Can Dance
The Amazing Race (ganhou em 2012)
Project Runway
The Voice
Dancing With the Stars
Top Chef

Melhor Apresentador de Reality Show
Betty White – Betty White’s Off Their Rockers
Cat Deeley – So You Think You Can Dance
Tom Bergeron – Dancing With the Stars (ganhou em 2012)
Ryan Seacrest – American Idol
Heidi Klum e Tim Gunn – Project Runway
Anthony Bourdain – The Taste

(*) ganhador em 2012: Jon Cryer, Two and a Half Men

(**) ganhador em 2012: Eric Stonestreet, Modern Family

Fontes: Ligado em Séries e TVLine.com

 

Anúncios
Publicado em Prêmios, TV | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

Critics´ Choice Awards 2013 – os ganhadores

E hoje rolou a entrega dos prêmios da Associação dos Críticos Televisivos, o Critics´ Choice Awards. Claro que premiações nunca são perfeitas, mas se essa aqui já tinha agradado bastante nas indicações (que lembraram de muita gente esquecida pelo Emmy e pelos Golden Globes e foram as primeiras a incluir séries novas como “House of Cards”, “Bates Motel” e “The Americans”), acertou em cheio com vários dos premiados.

tatiana-maslany-orphan-blackO principal acerto da noite foi o prêmio de melhor atriz em drama para Tatiana Maslany, que impressiona demais nos múltiplos papeis que interpreta na ótima “Orphan Black”, do canal BBC America (aliás, é bom a Claire Danes ficar esperta se quiser continuar dominando as premiações). Também merecem destaque os prêmios de atriz coadjuvante em drama pra Monica Potter, de “Parenthood”, e de ator e atriz coadjuvantes em minissérie pra Sarah Paulson e pro Zachary Quinto de “American Horror Story: Asylum”.

“Game of Thrones” e “Breaking Bad” empataram na categoria de série dramática, enquanto “The Big Bang Theory” foi a escolhida na categoria das comédias. Já o recém-exibido pela HBO “Behind the Candelabra” (dirigido pelo Steve Soderbergh e estrelado por Michael Douglas e Matt Damon) foi eleito o melhor filme feito pra TV.

Segue a lista com todos os ganhadores (em vermelho).

.

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA

·      The Big Bang Theory – CBS

·      Louie – FX

·      The Middle – ABC

·      New Girl – FOX

·      Parks and Recreation – NBC

·      Veep – HBO

MELHOR ATOR EM COMÉDIA

·      Don Cheadle (House of Lies) – Showtime

·      Louis C.K. (Louie) – FX

·      Jake Johnson (New Girl) – FOX

·      Jim Parsons (The Big Bang Theory) – CBS

·      Adam Scott (Parks and Recreation) – NBC

·      Jeremy Sisto (Suburgatory) – ABC

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA 

·      Laura Dern (Enlightened) – HBO

·      Zooey Deschanel (New Girl) – FOX

·      Lena Dunham (Girls) – HBO

·      Sutton Foster (Bunheads) – ABC Family

·      Julia Louis-Dreyfus (Veep) – HBO

·      Amy Poehler (Parks and Recreation) – NBC

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM COMÉDIA

·      Max Greenfield (New Girl) – FOX

·      Simon Helberg (The Big Bang Theory) – CBS

·      Alex Karpovsky (Girls) – HBO

·      Adam Pally (Happy Endings) – ABC

·      Chris Pratt (Parks and Recreation) – NBC

·      Danny Pudi (Community) – NBC

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM COMÉDIA

·      Carly Chaikin (Suburgatory) – ABC

·      Kaley Cuoco (The Big Bang Theory) – CBS

·      Sarah Hyland (Modern Family) – ABC

·      Melissa Rauch (The Big Bang Theory) – CBS

·      Eden Sher (The Middle) – ABC

·      Casey Wilson (Happy Endings) – ABC

MELHOR PARTICIPAÇÃO ESPECIAL EM COMÉDIA 

·      Melissa Leo (Louie) – FX

·      David Lynch (Louie) – FX

·      Bob Newhart (The Big Bang Theory) – CBS

·      Patton Oswalt (Parks and Recreation) – NBC

·      Molly Shannon (Enlightened) – HBO

·      Patrick Wilson (Girls) – HBO

MELHOR SÉRIE DE DRAMA

·      The Americans – FX

·      Breaking Bad – AMC

·      Downton Abbey – PBS

·      Game of Thrones – HBO

·      The Good Wife – CBS

·      Homeland – Showtime

MELHOR ATOR EM DRAMA

·      Bryan Cranston (Breaking Bad) – AMC

·      Damian Lewis (Homeland) – Showtime

·      Andrew Lincoln (The Walking Dead) – AMC

·      Timothy Olyphant (Justified) – FX

·      Matthew Rhys (The Americans) – FX

·      Kevin Spacey (House of Cards) – Netflix

MELHOR ATRIZ EM DRAMA

·      Claire Danes (Homeland) – Showtime

·      Vera Farmiga (Bates Motel) – A&E

·      Julianna Margulies (The Good Wife) – CBS

·      Tatiana Maslany (Orphan Black) – BBC America

·      Elisabeth Moss (Mad Men) – AMC

·      Keri Russell (The Americans) – FX

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM DRAMA

·      Jonathan Banks (Breaking Bad) – AMC

·      Nikolaj Coster-Waldau (Game of Thrones) – HBO

·      Michael Cudlitz (Southland) – TNT

·      Noah Emmerich (The Americans) – FX

·      Walton Goggins (Justified) – FX

·      Corey Stoll (House of Cards) – Netflix

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM DRAMA

·      Jennifer Carpenter (Dexter) – Showtime

·      Emilia Clarke (Game of Thrones) – HBO

·      Anna Gunn (Breaking Bad) – AMC

·      Regina King (Southland) – TNT

·      Monica Potter (Parenthood) – NBC

·      Abigail Spencer (Rectify) – Sundance

MELHOR PARTICIPAÇÃO ESPECIAL EM DRAMA

·      Jim Beaver (Justified) – FX

·      Jane Fonda (The Newsroom) – HBO

·      Martha Plimpton (The Good Wife) – CBS

·      Carrie Preston (The Good Wife) – CBS

·      Diana Rigg (Game of Thrones) – HBO

·      Jimmy Smits (Sons of Anarchy) – FX

MELHOR MINISSÉRIE OU FILME

·      American Horror Story: Asylum – FX

·      Behind the Candelabra – HBO

·      The Crimson Petal and the White – Encore

·      The Hour – BBC America

·      Political Animals – USA

·      Top of the Lake – Sundance

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU FILME

·      Benedict Cumberbatch (Parade’s End) – HBO

·      Matt Damon (Behind the Candelabra) – HBO

·      Michael Douglas (Behind the Candelabra) – HBO

·      Toby Jones (The Girl) – HBO

·      Al Pacino (Phil Spector) – HBO

·      Dominic West (The Hour) – BBC America

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU FILME

·      Angela Bassett (Betty & Coretta) – Lifetime

·      Romola Garai (The Hour) – BBC America

·      Rebecca Hall (Parade’s End) – HBO

·      Jessica Lange (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Elisabeth Moss (Top of the Lake) – Sundance

·      Sigourney Weaver (Political Animals) – USA

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU FILME

·      James Cromwell (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Peter Mullan (Top of the Lake) – Sundance

·      Zachary Quinto (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Sebastian Stan (Political Animals) – USA

·      David Wenham (Top of the Lake) – Sundance

·      Thomas M. Wright (Top of the Lake) – Sundance

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU FILME

·      Ellen Burstyn (Political Animals) – USA

·      Sienna Miller (The Girl) – HBO

·      Sarah Paulson (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Lily Rabe (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Imelda Staunton (The Girl) – HBO

·      Alfre Woodard (Steel Magnolias) – Lifetime

MELHOR REALITY SHOW

·      Duck Dynasty – A&E

·      The Moment – USA

·      Pawn Stars – History Channel

·      Push Girls – Sundance

·      Small Town Security – AMC

·      Wild Things with Dominic Monaghan – BBC America

MELHOR REALITY SHOW DE COMPETIÇÃO

·      Chopped – Food Network

·      Face Off – Syfy

·      Shark Tank – ABC

·      So You Think You Can Dance – FOX

·      Survivor – CBS

·      The Voice – NBC

MELHOR APRESENTADOR DE REALITY SHOW

·      Tom Bergeron (Dancing With the Stars) – ABC

·      Cat Deeley (So You Think You Can Dance) – FOX

·      Gordon Ramsay (Hell’s Kitchen/Masterchef) – FOX

·      RuPaul (RuPaul’s Drag Race) – Logo

·      Ryan Seacrest (American Idol) – FOX

·      Kurt Warner (The Moment) – USA

MELHOR TALK SHOW

·      Conan – TBS

·      The Daily Show with Jon Stewart – Comedy Central

·      The Ellen DeGeneres Show – Warner Brothers Television Distribution

·      Jimmy Kimmel Live! – ABC

·      Late Night with Jimmy Fallon – NBC

·      Marie – Hallmark Channel

MELHOR SÉRIE DE ANIMAÇÃO

·      Adventure Time – Cartoon Network

·      Archer – FX

·      Phineas and Ferb – Disney Channel

·      Regular Show – Cartoon Network

·      The Simpsons – FOX

·      Star Wars: The Clone Wars – Cartoon Network

ÍCONE

·      Bob Newhart

MELHOR MOMENTO DO ANO NA TV (escolhido pelos fãs)

·      A volta de Michael Scott (Steve Carrell) a “The Office”

SÉRIES MAIS PROMISSORAS DA PRÓXIMA TEMPORADA

The Bridge – FX

Masters of Sex – Showtime

Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. – ABC

The Michael J. Fox Show – NBC

Ray Donovan – Showtime

Under the Dome – CBS

Publicado em Prêmios, TV | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tony Awards 2013 – os ganhadores e tudo sobre a grande festa da Broadway

 (a abertura da noite, com direito a Mike Tyson)

.

tonyawards2013-thestatueEm uma noite bem agitada e recheada de eventos televisivos imperdíveis (incluindo jogo da NBA e o final da terceira temporada de “Game of Thrones”), foram entregues hoje em Nova York os prêmios Tony, o Oscar do teatro americano. Mais uma vez muito bem apresentada pelo showman Neil Patrick Harris (o Barney de “How I Met Your Mother”), a festa foi bem divertida, começando pelo ótimo número de abertura (vejam o vídeo acima), foi recheada de astros (Tom Hanks, Scarlett Johansson, Liam Neeson, Cuba Gooding Jr., Jake Gyllenhaal, Anna Kendrick e outros) e teve uma ótima sacada: os elencos de vários musicais de outras temporadas (ainda em cartaz) apareceram para introduzir performances e anunciar ganhadores, incluindo “Once”, “Mamma Mia”, “The Lion King” e “Jersey Boys”. Ajudou também o fato de os prêmios técnicos terem sido entregues em uma cerimônia anterior, assim só os ganhadores foram anunciados e isso deu agilidade ao evento. Mas o melhor momento da noite foi a aparição de Megan Hilty (“Smash”), Andrew Rannells (“The New Normal”) e Laura Benanti (“Go On”), que cantaram com NPH uma engraçadíssima música brincando com o fato de suas séries de TV terem sido canceladas e com as diferenças (principalmente financeiras e de fama) entre trabalhar no palco e na TV (vide abaixo).

.

Ah é, teve prêmios também. O grande vencedor da noite foi o musical “Kinky Boots”, que levou seis prêmios (incluindo melhor musical e melhor trilha), dois a mais que o seu principal concorrente em número de indicações, “Matilda – The Musical” (ganhador de quatro estatuetas, incluindo melhor libreto). Outro que teve uma noite gloriosa foi a inovadora remontagem circense de “Pippin”, que também levou quatro Tonys, incluindo melhor revival e direção, e foi o que mais me deu vontade de assistir, dentre todos os ótimos números musicais apresentados durante a noite (“The Mystery of Edwin Drood” foi o segundo mais legal). Dentre os não-musicais, a comédia que brinca com personagens clássicos de Checkov “Vanya and Sonia and Sasha and Spike” foi escolhida a melhor peça do ano, enquanto a nova versão de “Quem Tem Medo de Virgínia Woolf” foi premiada três vezes (incluindo melhor revival).

tonyawards2013-kinkyboots

(Stark Sands, Billy Porter e o elenco de “Kinky Boots”)

.

Foi uma noite das mulheres – duas diretoras foram premiadas (Diane Paulus por “Pippin” e Pam MacKinnon por “Virginia Woolf”), a cantora e compositora (e ícone dos anos 80) Cindy Lauper levou a estatueta de melhor trilha (“Kinky Boots” tem canções dela) e os dois prêmios principais da noite foram entregues por duas das maiores divas da Broadway atual, Bernadette Peters e Patti LuPone. Também foi noite de Mike Tyson – sim, ele mesmo! O ex-boxeador, que esteve nos palcos da Broadway esse ano com um misto de monólogo e stand up, esteve no número de abertura cantando e dançando (ou algo parecido com isso), depois foi citado várias vezes durante a noite nas piadas de NPH e finalmente apareceu até no nome da ganhadora do Tony de melhor atriz, a veteraníssima Cicely TYSON.

tony-awards 2013 - neil-mike tyson

.

CURIOSIDADES:

“The Nance”, estrelada pelo Nathan Lane, levou três prêmios, todos técnicos (mesmo sem ter sido indicada pro prêmio principal)

“Lucky Guy”, escrita pela saudosa Nora Ephron (“Harry & Sally”) e estrelada por Tom Hanks em sua estreia na Broadway, perdeu os prêmios principais (incluindo ator) mas levou o de coadjuvante (Courtney B. Vance)

– Tracy Letts, ganhador do Tony de melhor ator, é dramaturgo premiado com o próprio Tony e com o Pulitzer (por “August: Osage County”, que está virando filme esse ano)

– Patina Miller havia sido indicada (e perdido) em 2011 pela versão musical de “Sister Act”, no papel imortalizado no cinema por Whoopi Goldberg; esse ano, finalmente levou o prêmio, por sua versão do papel imortalizado por Ben Vereen no “Pippin” original

tony-awards-2013-anna-kendrick

(a gracinha da Anna Kendrick, uma das apresentadoras da noite)

.

Segue a lista com todos os ganhadores (em vermelho):

Melhor Peça

The Assembled Parties (de Richard Greenberg)

Lucky Guy (de Nora Ephron)

The Testament of Mary (de Colm Toíbín)

Vanya and Sonia and Masha and Spike (de Christopher Durang)

.

Melhor Musical

Bring It On: The Musical

A Christmas Story, The Musical

Kinky Boots

Matilda The Musical

.

Melhor Revival – Peça

Golden Boy

Orphans

The Trip to Bountiful

Who’s Afraid of Virginia Woolf?

.

Melhor Revival – Musical

Annie

The Mystery of Edwin Drood

Pippin

Rodgers + Hammerstein’s Cinderella

.

Melhor Libreto de Musical

A Christmas Story, The Musical (Joseph Robinette)

Kinky Boots (Harvey Fierstein)

Matilda The Musical (Dennis Kelly)

Rodgers + Hammerstein’s Cinderella (Douglas Carter Beane)

.

Melhor Música Original (Música e/ou Letras) Escrita pro Teatro

A Christmas Story, The Musical (Música e Letras: Benj Pasek e Justin Paul)

Hands on a Hardbody (Música: Trey Anastasio e Amanda Green Letras: Amanda Green)

Kinky Boots (Música e Letras: Cyndi Lauper)

Matilda The Musical (Música e Letras: Tim Minchin)

.

Melhor Ator – Peça

Tom Hanks, Lucky Guy

Nathan Lane, The Nance

Tracy Letts, Who’s Afraid of Virginia Woolf?

David Hyde Pierce, Vanya and Sonia and Masha and Spike

Tom Sturridge, Orphans

.

Melhor Atriz – Peça

Laurie Metcalf, The Other Place

Amy Morton, Who’s Afraid of Virginia Woolf?

Kristine Nielsen, Vanya and Sonia and Masha and Spike

Holland Taylor, Ann

Cicely Tyson, The Trip to Bountiful

.

Melhor Ator – Musical

Bertie Carvel, Matilda The Musical

Santino Fontana, Rodgers + Hammerstein’s Cinderella

Rob McClure, Chaplin

Billy Porter, Kinky Boots

Stark Sands, Kinky Boots

.

Melhor Atriz – Musical

Stephanie J. Block, The Mystery of Edwin Drood

Carolee Carmello, Scandalous

Valisia LeKae, Motown The Musical

Patina Miller, Pippin

Laura Osnes, Rodgers + Hammerstein’s Cinderella

.

Melhor Ator Coadjuvante – Peça

Danny Burstein, Golden Boy

Richard Kind, The Big Knife

Billy Magnussen, Vanya and Sonia and Masha and Spike

Tony Shalhoub, Golden Boy

Courtney B. Vance, Lucky Guy

.

Melhor Atriz Coadjuvante – Peça

Carrie Coon, Who’s Afraid of Virginia Woolf?

Shalita Grant, Vanya and Sonia and Masha and Spike

Judith Ivey, The Heiress

Judith Light, The Assembled Parties

Condola Rashad, The Trip to Bountiful

.

Melhor Ator Coadjuvante – Musical

Charl Brown, Motown The Musical

Keith Carradine, Hands on a Hardbody

Will Chase, The Mystery of Edwin Drood

Gabriel Ebert, Matilda The Musical

Terrence Mann, Pippin

.

Melhor Atriz Coadjuvante – Musical

Annaleigh Ashford, Kinky Boots

Victoria Clark, Rodgers + Hammerstein’s Cinderella

Andrea Martin, Pippin

Keala Settle, Hands on a Hardbody

Lauren Ward, Matilda The Musical

.

Melhor Desenho Cênico – Play

John Lee Beatty, The Nance

Santo Loquasto, The Assembled Parties

David Rockwell, Lucky Guy

Michael Yeargan, Golden Boy

.

Melhor Desenho Cênico – Musical

Rob Howell, Matilda The Musical

Anna Louizos, The Mystery of Edwin Drood

Scott Pask, Pippin

David Rockwell, Kinky Boots

.

Melhor Desenho de Figurino – Peça

Soutra Gilmour, Cyrano de Bergerac

Ann Roth, The Nance

Albert Wolsky, The Heiress

Catherine Zuber, Golden Boy

.

Melhor Desenho de Figurino – Musical

Gregg Barnes, Kinky Boots

Rob Howell, Matilda The Musical

Dominique Lemieux, Pippin

William Ivey Long, Rodgers + Hammerstein’s Cinderella

.

Melhor Desenho de Luz – Peça

Jules Fisher & Peggy Eisenhauer, Lucky Guy

Donald Holder, Golden Boy

Jennifer Tipton, The Testament of Mary

Japhy Weideman, The Nance

.

Melhor Desenho de Luz – Musical

Kenneth Posner, Kinky Boots

Kenneth Posner, Pippin

Kenneth Posner, Rodgers & Hammerstein’s Cinderella

Hugh Vanstone, Matilda The Musical

.

Melhor Desenho de Som – Peça

John Gromada, The Trip to Bountiful

Mel Mercier, The Testament of Mary

Leon Rothenberg, The Nance

Peter John Still and Marc Salzberg, Golden Boy

.

Melhor Desenho de Som – Musical

Jonathan Deans and Garth Helm, Pippin

Peter Hylenski, Motown The Musical

John Shivers, Kinky Boots

Nevin Steinberg, Rodgers & Hammerstein’s Cinderella

.

Melhor Direção – Peça

Pam MacKinnon, Who’s Afraid of Virginia Woolf?

Nicholas Martin, Vanya and Sonia and Masha and Spike

Bartlett Sher, Golden Boy

George C. Wolfe, Lucky Guy

.

Melhor Direção – Musical

Scott Ellis, The Mystery of Edwin Drood

Jerry Mitchell, Kinky Boots

Diane Paulus, Pippin

Matthew Warchus, Matilda The Musical

.

Melhor Coreografia

Andy Blankenbuehler, Bring It On: The Musical

Peter Darling, Matilda The Musical

Jerry Mitchell, Kinky Boots

Chet Walker, Pippin

.

Melhor Orquestração

Chris Nightingale, Matilda The Musical

Stephen Oremus, Kinky Boots

Ethan Popp and Bryan Crook, Motown The Musical

Danny Troob, Rodgers & Hammerstein’s Cinderella

.

* * * Prêmios das Categorias Não-Competitivas

.

“Lifetime Achievement in the Theatre”

Bernard Gersten

Paul Libin

Ming Cho Lee

.

Prêmio de Teatro Regional

Huntington Theatre Company, Boston, MA

.

Prêmio Isabelle Stevenson

Larry Kramer

.

Tony Honor pela Excelência no Teatro

– Career Transition For Dancers

– William Craver

– Peter Lawrence

– The Lost Colony

– Mayor Michael Bloomberg

– As quatro atrizes que fizeram o papel principal em Matilda The Musical na Broadway – Sophia Gennusa, Oona Laurence, Bailey Ryon e Milly Shapiro

.

(número de encerramento, com Neil Patrick Harris e Audra McDonald, divertido mas meio parecido com o que Seth MacFarlane e Kristin Chenoweth fizeram no Oscar)
Publicado em Broadway, Fotos, Prêmios, Teatro, Vídeos | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Os indicados da TV ao Critics´ Choice Awards 2013 – uma lista que dá um pau nos Emmys e Golden Globes da vida

sutton fosterForam anunciados hoje os indicados televisivos ao Critics´ Choice Awards, cujos prêmios serão entregues no dia 10 de junho. A lista, muito melhor e mais justa que as do Emmy e do Globo de Ouro, por exemplo, já inclui séries que estrearam em 2013. Seguem todos os indicados (incluindo a Sutton Foster, de “Bunheads”, na foto):

.

BEST COMEDY SERIES

·      The Big Bang Theory – CBS

·      Louie – FX

·      The Middle – ABC

·      New Girl – FOX

·      Parks and Recreation – NBC

·      Veep – HBO

BEST ACTOR IN A COMEDY SERIES

·      Don Cheadle (House of Lies) – Showtime

·      Louis C.K. (Louie) – FX

·      Jake Johnson (New Girl) – FOX

·      Jim Parsons (The Big Bang Theory) – CBS

·      Adam Scott (Parks and Recreation) – NBC

·      Jeremy Sisto (Suburgatory) – ABC

BEST ACTRESS IN A COMEDY SERIES 

·      Laura Dern (Enlightened) – HBO

·      Zooey Deschanel (New Girl) – FOX

·      Lena Dunham (Girls) – HBO

·      Sutton Foster (Bunheads) – ABC Family

·      Julia Louis-Dreyfus (Veep) – HBO

·      Amy Poehler (Parks and Recreation) – NBC

BEST SUPPORTING ACTOR IN A COMEDY SERIES

·      Max Greenfield (New Girl) – FOX

·      Simon Helberg (The Big Bang Theory) – CBS

·      Alex Karpovsky (Girls) – HBO

·      Adam Pally (Happy Endings) – ABC

·      Chris Pratt (Parks and Recreation) – NBC

·      Danny Pudi (Community) – NBC

BEST SUPPORTING ACTRESS IN A COMEDY 

·      Carly Chaikin (Suburgatory) – ABC

·      Kaley Cuoco (The Big Bang Theory) – CBS

·      Sarah Hyland (Modern Family) – ABC

·      Melissa Rauch (The Big Bang Theory) – CBS

·      Eden Sher (The Middle) – ABC

·      Casey Wilson (Happy Endings) – ABC

BEST GUEST PERFORMER IN A COMEDY SERIES  

·      Melissa Leo (Louie) – FX

·      David Lynch (Louie) – FX

·      Bob Newhart (The Big Bang Theory) – CBS

·      Patton Oswalt (Parks and Recreation) – NBC

·      Molly Shannon (Enlightened) – HBO

·      Patrick Wilson (Girls) – HBO

BEST DRAMA SERIES

·      The Americans – FX

·      Breaking Bad – AMC

·      Downton Abbey – PBS

·      Game of Thrones – HBO

·      The Good Wife – CBS

·      Homeland – Showtime

BEST ACTOR IN A DRAMA SERIES

·      Bryan Cranston (Breaking Bad) – AMC

·      Damian Lewis (Homeland) – Showtime

·      Andrew Lincoln (The Walking Dead) – AMC

·      Timothy Olyphant (Justified) – FX

·      Matthew Rhys (The Americans) – FX

·      Kevin Spacey (House of Cards) – Netflix

BEST ACTRESS IN A DRAMA SERIES

·      Claire Danes (Homeland) – Showtime

·      Vera Farmiga (Bates Motel) – A&E

·      Julianna Margulies (The Good Wife) – CBS

·      Tatiana Maslany (Orphan Black) – BBC America

·      Elisabeth Moss (Mad Men) – AMC

·      Keri Russell (The Americans) – FX

BEST SUPPORTING ACTOR IN A DRAMA SERIES

·      Jonathan Banks (Breaking Bad) – AMC

·      Nikolaj Coster-Waldau (Game of Thrones) – HBO

·      Michael Cudlitz (Southland) – TNT

·      Noah Emmerich (The Americans) – FX

·      Walton Goggins (Justified) – FX

·      Corey Stoll (House of Cards) – Netflix

BEST SUPPORTING ACTRESS IN A DRAMA SERIES

·      Jennifer Carpenter (Dexter) – Showtime

·      Emilia Clarke (Game of Thrones) – HBO

·      Anna Gunn (Breaking Bad) – AMC

·      Regina King (Southland) – TNT

·      Monica Potter (Parenthood) – NBC

·      Abigail Spencer (Rectify) – Sundance

BEST GUEST PERFORMER IN A DRAMA SERIES

·      Jim Beaver (Justified) – FX

·      Jane Fonda (The Newsroom) – HBO

·      Martha Plimpton (The Good Wife) – CBS

·      Carrie Preston (The Good Wife) – CBS

·      Diana Rigg (Game of Thrones) – HBO

·      Jimmy Smits (Sons of Anarchy) – FX

BEST MOVIE OR MINI-SERIES

·      American Horror Story: Asylum – FX

·      Behind the Candelabra – HBO

·      The Crimson Petal and the White – Encore

·      The Hour – BBC America

·      Political Animals – USA

·      Top of the Lake – Sundance

BEST ACTOR IN A MOVIE OR MINI-SERIES

·      Benedict Cumberbatch (Parade’s End) – HBO

·      Matt Damon (Behind the Candelabra) – HBO

·      Michael Douglas (Behind the Candelabra) – HBO

·      Toby Jones (The Girl) – HBO

·      Al Pacino (Phil Spector) – HBO

·      Dominic West (The Hour) – BBC America

BEST ACTRESS IN A MOVIE OR MINI-SERIES

·      Angela Bassett (Betty & Coretta) – Lifetime

·      Romola Garai (The Hour) – BBC America

·      Rebecca Hall (Parade’s End) – HBO

·      Jessica Lange (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Elisabeth Moss (Top of the Lake) – Sundance

·      Sigourney Weaver (Political Animals) – USA

BEST SUPPORTING ACTOR IN A MOVIE OR MINI-SERIES

·      James Cromwell (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Peter Mullan (Top of the Lake) – Sundance

·      Zachary Quinto (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Sebastian Stan (Political Animals) – USA

·      David Wenham (Top of the Lake) – Sundance

·      Thomas M. Wright (Top of the Lake) – Sundance

BEST SUPPORTING ACTRESS IN A MOVIE OR MINI-SERIES

·      Ellen Burstyn (Political Animals) – USA

·      Sienna Miller (The Girl) – HBO

·      Sarah Paulson (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Lily Rabe (American Horror Story: Asylum) – FX

·      Imelda Staunton (The Girl) – HBO

·      Alfre Woodard (Steel Magnolias) – Lifetime

BEST REALITY SERIES

·      Duck Dynasty – A&E

·      The Moment – USA

·      Pawn Stars – History Channel

·      Push Girls – Sundance

·      Small Town Security – AMC

·      Wild Things with Dominic Monaghan – BBC America

BEST REALITY SERIES – COMPETITION   

·      Chopped – Food Network

·      Face Off – Syfy

·      Shark Tank – ABC

·      So You Think You Can Dance – FOX

·      Survivor – CBS

·      The Voice – NBC

BEST REALITY HOST 

·      Tom Bergeron (Dancing With the Stars) – ABC

·      Cat Deeley (So You Think You Can Dance) – FOX

·      Gordon Ramsay (Hell’s Kitchen/Masterchef) – FOX

·      RuPaul (RuPaul’s Drag Race) – Logo

·      Ryan Seacrest (American Idol) – FOX

·      Kurt Warner (The Moment) – USA

BEST TALK SHOW

·      Conan – TBS

·      The Daily Show with Jon Stewart – Comedy Central

·      The Ellen DeGeneres Show – Warner Brothers Television Distribution

·      Jimmy Kimmel Live! – ABC

·      Late Night with Jimmy Fallon – NBC

·      Marie – Hallmark Channel

BEST ANIMATED SERIES

·      Adventure Time – Cartoon Network

·      Archer – FX

·      Phineas and Ferb – Disney Channel

·      Regular Show – Cartoon Network

·      The Simpsons – FOX

·      Star Wars: The Clone Wars – Cartoon Network

Publicado em Prêmios, TV | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Um espelho para o lado negro da modernidade (ATUALIZADO)

black mirror

Descobri esse fim-de-semana uma série britânica que pode ser descrita no mínimo como perturbadora. “Black Mirror”, produção do Channel 4 inglês criada pelo jornalista e escritor Charlie Brooker, estreou em 2011 com uma primeira temporada de três episódios e teve uma segunda leva de mais três capítulos no início desse ano. Cada episódio conta uma história única com começo, meio e fim, com elencos e diretores diferentes, mas o tema sempre tem a ver com algum avanço moderno tecnológico que já existe ou que está muito perto de existir.

Assim, no sensacional primeiro episódio da temporada inicial, entitulado “The National Anthem“, a princesa britânica é sequestrada e o criminoso divulga um vídeo no YouTube no qual pede, como resgate, que o primeiro-ministro (o ótimo Rory Kinnear, da fase Daniel Craig do “007”) faça sexo com uma porca de verdade em frente às câmeras, com transmissão ao vivo. Será que ele se sujeitará a isso para salvar a moça? O que o público, que acompanha tudo pelas redes sociais, acha disso? No segundo, “Fifteen Million Merits” (ligeiramente inferior ao primeiro e um pouco longo demais, mas ainda assim excelente), num futuro que é uma mistura de “1984”, “Wall-E” e “O Preço do Amanhã”, as pessoas vivem em quartos feitos de telas “touch” e passam o tempo em bicicletas ergométricas, alimentando o “sistema” e acumulando pontos que podem ser utilizados para comprar comida pasteurizada, roupas e acessórios para suas versões virtuais, assistir programas pornográficos ou que tiram sarro de gordos e, quem sabe um dia, participar de uma espécie de “American Idol”. Até que um jovem (Daniel Kaluuya, da versão pro cinema da peça “Chatroom”) se apaixona por uma garota que canta muito bem (Jessica Brown Findlay, a Lady Sybil de “Downton Abbey”) e a convence a se arriscar no programa (um dos jurados é o Rupert Everett incorporando uma versão bizarra do Simon Cowell). Finalmente, o terceiro, “The Entire History of You“, o melhor de todos e exercitando ao extremo a paranoia, começa parecendo que vai falar de uma coisa mas muda completamente o rumo um pouco antes da metade, em um mundo onde temos um chip implantado atrás da orelha que acumula todas as nossas memórias e uma espécie de controle-remoto que nos permite acessá-las a hora que quisermos (o que parece ser algo incrível mas, como o título original já dá a entender, pode ter aplicações que… bom, é melhor não revelar nada pra não estragar o episódio). O protagonista (Toby Kebbell, de “Rock n´Rolla” e “Fúria de Titãs 2”) trabalha numa firma de advocacia que quer começar a usar as memórias gravadas no chip para que filhos processem seus próprios pais por não os terem incentivado o suficiente na infância e adolescência. Mas é quando ele vai a uma festa encontrar a esposa (Jodie Whittaker, de “Ataque ao Prédio” e “Vênus”) que a trama realmente se revela.

É difícil classificar a série em termos de gênero; se fosse pra escolher um, seria algo próximo do suspense com toques de ficção-científica e terror psicológico. Mas o grande lance é que a série critica esse lado negro dos avanços tecnológicos, mostrando situações que ou são bastante possíveis nos dias de hoje (imagine a situação do primeiro episódio potencializada ao extremo graças ao compartilhamento infinito permitido pelas redes sociais) ou não estão tão longe assim de se tornar realidade. E por isso é difícil não ficar abalado ou passar incólume pelos episódios. Vale muito a pena assistir.

P.S.: Ainda não vi a segunda temporada, mas comentarei aqui quando conseguir assistir.

UPDATE: O primeiro episódio da segunda temporada, “Be Right Back“, é o mais bizarro de todos. Imagine se fosse possível recriar virtualmente uma pessoa que morreu, com base em todos os registros daquela pessoa encontrados online (perfis nas redes sociais, tweets, posts no Facebook etc.)? Pois é isso que acontece quando uma mulher perde o marido e uma amiga apresenta a ela o “serviço”. Creepy é pouco pra descrever o episódio, que tem uma atuação impressionante da Hayley Atwell (de “A Duquesa” e “Capitão América”) no papel da “viúva” (curiosidade: o ator Dohmnall Gleeson, que faz o marido, é filho do grande Brendan Gleeson e fez o Bill Weasley nos últimos filmes do “Harry Potter”).

Publicado em TV | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Uma prévia de The Blacklist, série nova com o James Spader

blacklist

Acabei de promover esta série ao top 10 das mais aguardadas da temporada 2013/14 (mesmo com a óbvia inspiração em “O Silêncio dos Inocentes”). Confiram o trailer:

Além de Spader, o elenco tem a novata Megan Boone, o veterano Harry Lennix e Diego Klattenhoff (o Mike de “Homeland”). A direção do piloto é do Joe Carnahan (“Narc”, “A Cartada Final”).

Publicado em TV, Vídeos | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Saiba se sua série preferida vai continuar ou não na próxima temporada

series renovadasComo escrevi no post anterior, semana passada as emissoras abertas da TV americana anunciaram em definitivo quais séries da grade atual foram renovadas e quais foram canceladas. Para facilitar, compilei tudo aqui. Espero que ninguém fique muito triste (notícias boas primeiro). Obs.: estão incluídas séries que terminaram nesta temporada como previsto desde o ano passado (como “30 Rock”, por exemplo) e não foram incluídos reality shows.

.

SÉRIES RENOVADAS:

– ABC: Castle, Grey´s Anatomy, Last Man Standing, The Middle, Modern Family, Nashville, The Neighbors, Once Upon a Time, Revenge, Scandal, Suburgatory

– CBS: 2 Broke Girls, The Big Bang Theory, Blue Bloods, Criminal Minds, CSI, Elementary, The Good Wife, Hawaii Five-0, How I Met Your Mother, The Mentalist, Mike & Molly, NCIS, NCIS: Los Angeles, Person of Interest, Two and a Half Men

– Fox: American Dad, Bob´s Burgers, Bones, Family Guy, The Following, Glee, The Mindy Project, New Girl, Raising Hope, The Simpsons

– NBC: Chicago Fire, Community, Grimm, Law and Order: SVU, Parenthood, Parks and Recreation, Revolution

CW: Arrow, Beauty and the Beast, The Carrie Diaries, Hart of Dixie, Nikita, Supernatural, The Vampire Diaries

.

SÉRIES CANCELADAS:

– ABC: 666 Park Avenue, Body of Proof, Don´t Trust the B- – in Apartment 23, Family Tools, Happy Endings (obs.: reza a lenda que o canal a cabo USA pode comprar a série), How to Live with Your Parents, Last Resort, Malibu Country, Private Practice, Red Widow, Zero Hour

– CBS: CSI: New York, Golden Boy, Made in Jersey, Partners, Rules of Engagement, Vegas

– Fox: Ben and Kate, The Cleveland Show, Fringe, The Mob Doctor, Touch

– NBC: 1600 Penn, 30 Rock, Animal Practice, Deception, Do No Harm, Go On, Guys with Kids, The New Normal, The Office, Smash, Up All Night, Whitney

 CW: 90210, Cult, Emily Owens M.D., Gossip Girl

.

A CONFIRMAR:

– NBC: Hannibal

.

Fonte: TV Line

.

P.S.: Na foto acima dá pra ver que Gary Sinise, Eliza Coupe e Elisha Cuthbert estão tristes, enquanto Lauren Graham, Maggie Q, Lea Michelle e Chris Colfer estão felizes, né?

Publicado em TV | Marcado com , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

Temporada 2013/14 – as séries novas

séries novas temporada 2013-14

Pra quem acompanha de perto as séries americanas, semana passada foi um período tenso, principalmente quinta e sexta-feira. Foi quando as grandes emissoras da TV aberta (ABC, CBS, NBC, Fox e CW) divulgaram em definitivo quais dos seus seriados continuam na próxima temporada (sim, “Community” foi renovada e é uma das duas únicas sitcoms veteranas que a NBC manterá no ar) e quais estão dando (ou já deram) seu último suspiro (adeus, “Happy Endings”, e shame on you for that, ABC!). Foi também o momento em que os canais anunciaram quais das dezenas de pilotos atualmente em produção terão lugar garantido na grade de 2013/14 (e não, a série baseada em “Um Tira da Pesada” não está entre elas).

O site Daily Beast publicou uma galeria bacana com fotos e sinopses de 46 novas séries, que você pode ver aqui. Mas se quiser uma versão resumida, seguem abaixo os destaques e as minhas dez preferidas (em ordem de preferência). Pra saber quais séries foram renovadas e quais foram canceladas, clique aqui.

.

1. “About a Boy” (NBC)

Adaptação do livro do inglês Nick Hornby (que já virou um filme de sucesso com o Hugh Grant e a Rachel Weisz), a série escrita pelo Jason Katims (das ótimas “Parenthood” e “Friday Night Lights”) tem David Walton (o Sam de “New Girl”) como o solteirão convicto obrigado a conviver com um adolescente que se muda pra perto da casa dele com a mãe problemática (Minnie Driver). O elenco ainda tem a gatíssima Leslie Bibb e o engraçado Al Madrigal (um dos correspondentes do “The Daily Show with Jon Stewart”).

.

2. “Us & Them” (Fox)

Remakes de séries britânicas podem funcionar (“The Office”“Shameless”) ou não (“Coupling US”), mas esse aqui parece sucesso certo. A fonte aqui é a adorada “Gavin & Stacey”, e o casal central (que precisa enfrentar a distância, as famílias excêntricas e as diferenças culturais) parece perfeitamente escolhido: Alexis Bledel (“Gilmore Girls”) e Jason Ritter (“Parenthood”).

.

3. “Marvel´s Agents of S.H.I.E.L.D.” (ABC)

Sim, é exatamente o que você está pensando: uma série sobre o grupo de agentes secretos que comanda os Vingadores, escrita e produzida pelo próprio Joss Whedon. Não foram revelados muitos detalhes, exceto o elenco principal (que inclui Clark Gregg como o agente Coulson, mesmo papel que ele fez em todos os filmes dos heróis no cinema), mas certamente causará barulho.

.

4. “Hostages” (CBS)

Mais uma série baseada em um original israelense (como “Homeland” e “In Treatment”), tem uma premissa incrível, mas é daquelas que fazem a gente pensar “como isso pode durar mais do que uma temporada?”. Toni Collette é uma médica que faz uma cirurgia de emergência no presidente dos Estados Unidos e se envolve em uma conspiração, que faz com que sua família seja feita de refém. O elenco de luxo ainda tem Dylan McDermott, Tate Donovan e James Naughton.

.

5. “Crazy Ones” (CBS)

O grande Robin Williams finalmente volta à TV (lembram que ele surgiu na TV nos anos 80 em “Mork & Mindy”?) fazendo o pai da Sarah Michelle Gellar numa comédia escrita pelo David E. Kelley (“Ally McBeal”, “Chicago Hope”). Difícil ser mais high-profile que isso.

.

6. “Sean Saves the World” (NBC)

Comédia com Sean Hayes (o Jack de “Will & Grace”) como um gay divorciado que tem que aprender a conviver com a filha de 14 anos, um chefe novo e a mãe super-protetora. O elenco ainda tem a lindinha Lindsay Sloane (“Grosse Pointe”) e o hilário Thomas Lennon.

.

7. “The Michael J. Fox Show” (NBC)

Semi-autobiográfica, a série (que deve ter outro título quando estrear) traz o astro de “De Volta para o Futuro” como um âncora da TV que interrompe a carreira pra ficar com a família quando descobre ter Mal de Parkinson. Cinco anos depois ele resolve voltar a trabalhar e tem que lidar com as novidades. Se eu fosse apostar na série de maior sucesso da próxima temporada, colocaria todas as minhas fichas nessa.

.

8. “Rake” (Fox)

Baseada numa série australiana, essa aqui tem Greg Kinnear de volta à TV (lembram que ele apresentava o “The Soup” no canal E! antes do Joel McHale?) como um advogado genial mas com poucos traquejos sociais (em outras palavras, meio Dr. House). A produção é do Sam Raimi.

.

9. “Brooklyn Nine-Nine” (Fox)

Uma rara comédia policial, essa série tem Andy Samberg (ex-“SNL”) como um tira folgado que tem que lidar com um novo chefe durão (Andre Braugher). O elenco ainda tem Terry Crews (“Everybody Hates Chris”, “Os Mercenários”) e a comediante Chelsea Peretti.

.

10. “The Originals” (CW)

Prequel de “The Vampire Diaries”, focada nos vampiros que originaram os irmãos Salvatore. A série já teve um episódio exibido durante a temporada de TVD algumas semanas atrás.

.

OUTRAS INTERESSANTES:

“Once Upon a Time in Wonderland” (ABC)spin-off de “Once Upon a Time” focada na Alice do País das Maravilhas, com John Lithgow como o Coelho

“Mind Games” (ABC) – drama de suspense com Steve Zahn e Christian Slater como dois irmãos (e a delícia Megalyn Echikunwoke, de “House of Lies”)

“Super Fun Night” (ABC) – comédia com a hilária gordinha australiana Rebel Wilson, bombando depois dos filmes “Pitch Perfect” e“Bridesmaids” e de apresentar o último MTV Movie Awards

“Trophy Wife” (ABC) – o plot parece besta, mas a comédia tem um super elenco encabeçado pela Malin Akerman (“Watchmen”), pelo Bradley Whitford (“The West Wing”) e pela Michaela Watkins (ex- “SNL”)

– “Intelligence” (CBS) – Josh Holloway, o Sawyer de “Lost”, volta à TV nesse drama procedural de espionagem, ao lado da Marg Helgenberg, de “C.S.I.”.

“Friends with Better Lives” (CBS) – ótimo elenco nessa comédia sobre amigos de 30 e poucos anos, incluindo James Van Der Beek, Kevin Connolly e Brooklyn Decker

“The Millers” (CBS) – comédia com Will Arnett (“Arrested Development”, “30 Rock”) como um divorciado obrigado a abrigar os pais

“Mom” (CBS) – nova comédia de Chuck Lorre (“Two and a Half Men”, “The Big Bang Theory”), marca a estreia da Anna Faris na TV

“The Blacklist” (NBC) – drama de ação/suspense com James Spader (“Boston Legal”)

“Ironside” (NBC)remake de uma série dos anos 60 com Blair Underwood como um detetive numa cadeira-de-rodas

“Dracula” (NBC) – Jonathan Rhys-Meyers (“The Tudors”) faz o vampiro nessa adaptação do original de Bram Stoker.

“Believe” (NBC) – das duas novas séries do onipresente J. J. Abrams, essa aqui parece promissora por ser escrita pelo Alfonso Cuarón e pelo elenco, que inclui  Kyle MacLachlan, Delroy Lindo, Sienna Guillory e Jamie Chung

“Almost Human” (Fox) – a outra série nova do J. J. Abrams, essa aqui também tem um elenco bacana (Michael Ealy, Karl Urban, Minka Kelly, Lili Taylor, Mackenzie Crook) e se passa num futuro em que existem policiais humanos e andróides

“Crisis” (NBC) – os filhos dos homens mais poderosos do mundo são sequestrados neste drama que marca a volta de Gillian Anderson (“Arquivo X”) à TV, junto com Dermot Mulroney e Rachael Taylor.

“The Family Guide” (NBC) – parecia bem promissora esta comédia, mas fiquei em dúvida agora que a Parker Posey desistiu de continuar na série. O elenco inclui Harrold Perrineau (“Lost”), J. K. Simmons e Jason Bateman como narrador.

“Gang Related” (Fox) – drama de ação com Terry O´Quinn (o Locke de “Lost”)

“Dads” (Fox) – produzida por Seth MacFarlane, essa comédia tem Seth Green e Giovanni Ribisi como sócios que passam a ter que aturar os pais morando com eles

“The 100” (CW) – drama pós-apocalíptico com Henry Ian Cusick (o Desmond de “Lost”) e Kelly Hu

.

Agora é só esperar setembro, quando a maioria delas estreia.

Publicado em TV | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sangue Bom – Um balanço da primeira semana

sangue bom - elenco

(os ótimos protagonistas da novela: Humberto Carrão, Isabelle Drummond, Fernanda Vasconcellos, Jayme Matarazzo, Sophie Charlotte e Marco Pigossi)

.

Vou exercer meu lado noveleiro (que andava adormecido) pela primeira vez nesse blog. “Sangue Bom”, nova novela das 7 da Globo, estreou na segunda-feira com um primeiro episódio quase perfeito, foi previsivelmente ficando menos espetacular ao longo da semana e voltou ao nível da estreia no sábado. O saldo final foi bem acima da média e bastante promissor.

.

Pontos positivos:

1) O sexteto protagonista, todos muito bem, com destaque pra química entre a dupla Marco Pigossi e Isabelle Drummond. Pigossi, aliás, mostra pra certos galãs que dá pra fazer um mocinho bonzinho e idealista com carisma e sem ficar chato, enquanto Isabelle esbanja “adorabilidade” (existe essa palavra?) ao combinar na dose certa a doçura e a “casca-grossice” (acho que também inventei essa) necessárias à personagem, meio moleca e visivelmente platonicamente apaixonada pelo melhor amigo. Sophie Charlotte, se não tem a mesma excelência dos outros dois, não compromete e por enquanto segura bem a personagem mais difícil da novela: a patricinha badalada pela mídia que na aparência é uma pessoa fútil  e interesseira mas que no fundo ainda é a menina boa de infância pobre (mesmo tentando esconder isso a todo custo). Bem diferente é o personagem do Humberto Carrão, que é ruim e mesquinho mesmo e parece não ter salvação (o ator, que evoluiu muito desde que surgiu em “Malhação”, está bem como o por enquanto único vilão claro da novela). Jayme Matarazzo é outro que cresceu como ator e o personagem dele, aparentemente um antagonista do mocinho (já que é o noivo da garota que ele ama), dá pinta de que vai ser igualmente querido pelo público, que vai torcer pra ele ficar com a outra mocinha, vivida pela Fernanda Vasconcellos. Fernanda, por fim, teve um grande capítulo inicial mas depois ficou meio de escanteio, aparecendo meio que como a “força moral” da novela, até reaparecer com mais destaque no sábado. Tomara que a personagem cresça, ainda mais porque a atriz demonstra ter mantido a maturidade que já havia revelado na primeira protagonista que fez (em “A Vida da Gente”).

2) O ritmo ágil, dando a entender que as coisas vão acontecer rápido, sem aquela enrolação típica das novelas antiquadas.

3) A linguagem jovem, sem soar forçada e falsa como na maioria das obras do gênero (pelo menos por enquanto).

4) Ainda que muitas das situações e tramas não tenham nada de novo, os autores (e colaboradores) conseguem pelo menos dar uma roupagem nova a elas, além de saberem brincar com os próprios clichês que usam (exemplo: ao descobrir que o mocinho Bento vai entregar flores justamente na festa de noivado da mocinha Amora, o personagem do Daniel Dantas diz: “Não é possível, isso só acontece em novela”) e buscarem algo que fuja do esperado (exemplo: o vilãozinho, ao ser confrontado pela polícia, vê a mãe assumir o roubo em nome dele e aproveita pra abandoná-la e fugir, em vez de se comover e ajudar a mãe, o que seria previsível). Muito disso decorre dos (muito bem escritos) diálogos, espertos e espirituosos, num estilo visto mais em seriados do que em novelas quadradonas.

5) A trilha modernosa, recheada de hits internacionais “do momento” (tem Fun, The Lumineers, Calvin Harris e outros), e o cenário paulistano, sempre um grande diferencial (mesmo já tendo sido visto na novela anterior, “Guerra dos Sexos”);

6) A Letícia Sabatella, linda e ótima como sempre, mesmo fazendo uma mulher apaixonada pelo marido (Bruno Garcia, ambíguo e divertido) que vive falando do amor incrível que eles sentem um pelo outro.

.

Pontos negativos:

1) Se os jovens protagonistas mostraram ter merecido os papeis que ganharam, o mesmo não dá pra ser dito de alguns dos outros atores novatos coadjuvantes (alguns nem tão novatos assim). A exceção é o núcleo dos filhos adotivos da Bárbara Ellen (a atriz peruona e fútil vivida pela Giulia Gam numa mistura de Suzana Vieira com Norma Desmond), quase todos muito bons.

2) O sotaque “paulistanês” forçado de alguns atores (como o do Joaquim Lopes, por exemplo).

3) O número excessivo de personagens, alguns dos quais ainda nem (ou mal) apareceram (incluindo o Felipe Camargo e a Yoná Magalhães), o que pode levar ao mesmo problema visto em “Salve Jorge” (o sumiço e/ou mal aproveitamento de atores);

4) A Malu Mader, meio esquisita num papel de pobre (mas a esquisitice foi diminuindo um pouco ao longo da semana, então acredito que ela logo chegará ao tom certo).

5) O Rômulo (ex-Arantes) Neto, insuportável tanto no personagem quanto na atuação e o maior exemplo do que destaquei no item 1 acima – aliás, se a Renata (personagem da Regiane Alves) cair no papinho dele e largar o noivo bonzinho e bacana (o bom Armando Babaioff), eu paro de ver a novela.

.

É isso. Torço pra que a novela continue no mesmo nível dessa primeira semana (e que o bom nível seja mantido na próxima estreia da emissora, “Amor à Vida”, que parece bem promissora também).

Publicado em TV | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Algumas palavras sobre o CQC e a Dani Calabresa

cqcO “CQC” anunciou com alarde no início do ano a contratação da talentosa Dani Calabresa, mas até agora, depois de quatro programas, ainda não sabe o que fazer com a moça. Pra começar, inventaram de criar sketches pra abrir o programa, com a participação dela e de todos os integrantes do programa, sem a menor graça. Depois, deram pra ela um quadro supostamente sobre “as notícias mais importantes da semana que o CQC não cobriu” que, embora até possa se tornar promissor (o de hoje foi o primeiro engraçadinho), também ainda não funcionou.

Sendo assim, temos que fazer um apelo aos caríssimos produtores e roteiristas do programa: parem de queimar o filme da Calabresa e arrumem algo decente pra ela fazer!

Eu tenho duas sugestões:

– coloquem a moça na bancada. Ela esbanjava tiradas e comentários engraçados e inteligentes no “Furo MTV”, com certeza vai contribuir muito pro “CQC” fazendo algo parecido. Ela pode ser um quarto elemento na bancada, mas se acharem que é muita gente pra um espaço tão pequeno, coloquem-na no lugar do Marco Luque, que faz tempo anda meio apagadinho.

– mandem a moça pras ruas. Ela já deu uma mostra do potencial que tem como repórter na edição especial do programa no ano passado, certeza que vai mandar bem entrevistando e tirando um sarrinho das celebridades e dos políticos.

Beleza? Estamos entendidos?

Vale notar que o problema do “CQC” talvez seja com as integrantes mulheres, já que faz algum tempo que o programa aproveita mal a Monica Iozzi – que começou bem insegura logo que estreou, foi melhorando até se tornar a melhor repórter do programa (principalmente lidando com os políticos) e atualmente só não é melhor que o Ronald Rios, mas hoje em dia mal aparece.

Publicado em Humor, TV | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário