Golden Globes 2013 – indicados/TV (comentados)

golden-70-footerComo prometido, seguem agora os indicados aos Globes nas categorias televisivas – todas devidamente comentadas.

 .

Série – Drama:

Breaking Bad

Boardwalk Empire

Downton Abbey

Homeland

The Newsroom

Comentários: Homeland é a melhor série da TV americana atualmente e provavelmente vai levar o prêmio. Breaking Bad e Boardwalk Empire são consistentemente boas. The Newsroom é controversa, do tipo “ame ou odeie”, mas é sempre bom ver sangue novo indicado. E Downton Abbey, pra mim, é boa, mas é a “menos boa” das cinco. Porque não seis indicadas aqui (ou sete, até)? O Emmy faz isso toda hora.

Omissões: A quinta temporada de Mad Men foi a melhor desde a primeira e a série ficou de fora pela primeira vez em cinco anos. Ridículo. Game of Thrones teve uma segunda temporada tão boa quanto a primeira, foi indicada ano passado mas não neste. Ridículo também. E The Walking Dead está cada vez melhor, além de bater recordes de público. Sete indicadas dariam conta do recado, mas se os críticos gringos realmente insistissem em somente cinco, pelo menos Mad Men deveria ter entrado no lugar de Downtown Abbey.

.

Série – Comédia ou Musical:

The Big Bang Theory

Episodes

Girls

Modern Family

Smash

Comentários: Categoria mais equivocada da história! Indicar Smash aqui é bizarro; ainda que seja musical, a série é dramática, então deveria mudar de categoria (e mesmo assim não mereceria uma indicação). Eu adoro Episodes, mas não acho que seja uma das cinco melhores comédias da TV. Também não acho as “queridinhas” The Big Bang Theory e Modern Family tão fenomenais assim; mas estas dificilmente não entrariam de um Top 5. E Girls é muito boa, é a série “hype” do momento, mas a outra novata da HBO, Veep, é no mínimo tão boa quanto.

Omissões: Tem tanta comédia melhor na TV atualmente. Já cansei de falar de Community e ela nunca é indicada, então deixa pra lá. Mas 30 Rock ficar de fora em sua última temporada? Praticamente uma blasfêmia. Veep é hilária e talvez até melhor que a “colega de emissora” Girls. E ainda tem duas séries menos comentadas mas que estão cada vez melhores e mais engraçadas: Happy Endings Don´t Trust the B…. in Apartment 23. Enfim, dá pra ver que o meu top 5 seria completamente diferente.

.

Filme ou Minissérie:

Game Change

The Girl

Hatfields & McCoys

The Hour

Political Animals

Comentários: Indicados bem escolhidos. Porém…

Omissões:  … deixar de fora Sherlock é quase tão criminoso quanto o que fizeram com Mad Men e 30 Rock. E cadê American Horror Story: Asylum (já que consideram a série estranhamente uma minissérie)? A segunda temporada é incrivelmente melhor que a primeira, que levou uma enxurrada de indicações ao Emmy.

.

Melhor atriz, Drama:

Connie Britton, Nashville

Glenn Close, Damages

Claire Danes, Homeland

Michelle Dockery, Downton Abbey

Juliana Margulies, The Good Wife

Comentários: Esta categoria “quase” acertou. Danes (que deve ganhar de novo), Margulies e Dockery são barbadas e merecidas. Ainda não vi Nashville, mas a Connie Britton é sempre ótima. Só a Glenn Close que podia ter dado um tempinho – já ganhou antes e Damages passou batido em sua última temporada.

Omissões: As atrizes de Mad Men tiveram uma temporada fenomenal, então tanto a Christina Hendricks quanto a Elisabeth Moss poderiam ter sido indicadas, principalmente a primeira – caramba, a Joan teve bebê, se separou do marido, (SPOILER ALERT!!!) encontrou o Lane enforcado atrás da porta (SPOILER ALERT!!!) e vendeu o corpinho em nome da empresa e não ganha nem uma indicaçãozinha sequer? Judiação… E eu ainda acho que a Emmy Rossum (da sempre esquecida e subestimada Shameless) merece uma indicação faz tempo.

.

Melhor Ator, Drama:

Steve Buscemi, Boardwalk Empire

Bryan Cranston, Breaking Bad

Jeff Daniels, The Newsroom

Jon Hamm, Mad Men

Damien Lewis, Homeland

Comentários: Categoria fortíssima. Não consigo tirar nenhum destes cinco atores (e pelo menos não esqueceram de Mad Men aqui). Mas…

Omissões: A única explicação pra não indicarem o Andrew Lincoln, o Rick de The Walking Dead, é os críticos estrangeiros não assistirem a série – vai ver eles tem medo de zumbis, sei lá. Só a cena em que ele descobre que a (SPOILER ALERT!!!) mulher morreu (SPOILER ALERT!!!) foi melhor que todas as cenas da Claires Danes chorando juntas. E o Jonny Lee Miller vem fazendo um trabalho excepcional como o Sherlock Holmes moderno de Elementary.

.

Melhor Atriz, Comédia ou Musical:

Tina Fey, 30 Rock

Zooey Deschanel, New Girl

Lena Dunham, Girls

Julia Louis-Dreyfus, Veep

Amy Poehler, Parks and Recreation

Comentários: Outra em que quase acertaram em cheio (embora eu às vezes tenha a impressão de que a Lena Dunham e a Zooey Deschanel  fazem praticamente elas mesmas).

Omissões: Talvez a Krysten Ritter e/ou a Dreama Walker (Don´t Trust the B… in Apartment 23) merecessem uma indicação no lugar de uma das duas que eu citei acima. E a Alison Brie de Community – se bem que ela deve entrar como coadjuvante, assim como as atrizes de Happy Endings.

.

Melhor Ator, Comédia ou Musical:

Alec Baldwin, 30 Rock

Don Cheadle, House of Lies

Louis C.K., Louie

Matt LeBlanc, Episodes

Jim Parsons, The Big Bang Theory

Comentários + Omissões: Já cansei de dizer isso, mas preciso repetir: só o Jim Parsons é bom e merece ser indicado em Big Bang Theory? O Johnny Galecki (Leonard) é no mínimo tão bom quanto ele e nunca é lembrado. Muito injusto. E já que o Louis C.K. e o Matt LeBlanc são indicados por interpretarem versões “alternativas” de si mesmos, porque não indicar o James Van Der Beek, que está hilário fazendo o “personagem” James Van Der Beek em Don´t Trust the B…. in Apartment 23?  

.

Melhor Atriz, Filme ou Minissérie:

Nicole Kidman, Hemingway & Gellhorn

Jessica Lange, American Horror Story: Asylum

Sienna Miller, The Girl

Julianne Moore, Game Change

Sigourney Weaver, Political Animals

Comentários + omissões: Bullseye! Aqui acertaram em cheio. Mas é óbvio que a categoria poderia se resumir a uma disputa entre a Sarah Palin de Julianne Moore e a Sister Jude da fenomenal Jessica Lange (que ano passado ganhou como coadjuvante e esse ano foi promovida a principal).

.

Melhor Ator, Filme ou Minissérie:

Kevin Costner, Hatfields & McCoys

Benedict Cumberbatch, Sherlock

Woody Harrelson, Game Change

Toby Jones, The Girl

Clive Owen, Hemingway & Gellhorn

Comentários + Omissões: O “McCoy” Bill Paxton deve ter ficado chateado por não ter sido indicado junto com seu colega/inimigo “Hatfield” Kevin Costner (que ganhou o Emmy em setembro). Mas essa categoria é bem disputada – todos tem chances. Curiosidade: entre os indicados estão Alfred Hitchcock (Jones), Ernest Hemingway (Owen) e, claro, Sherlock Holmes (Cumberbatch).

.

Melhor Atriz Coadjuvante:

Hayden Panettiere, Nashville

Archie Panjabi, The Good Wife

Sarah Paulson, American Horror Story: Asylum

Maggie Smith, Downton Abbey

Sofia Vergara, Modern Family

Comentários: Os Globes juntam todas as categorias televisivas (drama, comédia, minisséries, filmes feitos pra TV) nos coadjuvantes, então realmente fica impossível não deixar gente boa de fora. Fiquei muito feliz com a indicação da ótima Sarah Paulson, uma das melhores coisas de American Horror Story: Asylum e torço pra que ela ganhe. Mas é no mínimo incongruente indicar a Sofia Vergara por Modern Family (ainda que ela seja ótima) e deixar de fora a colega de elenco dela (e duas vezes seguidas ganhadora do Emmy) Julie Bowen. A surpresa aqui foi a indicação de Hayden Pannetiere em seu primeiro papel na TV depois da icônica cheerleader Claire em Heroes.

Omissões: Casey Wilson e Eliza Coupe (Happy Endings), Morena Baccarin (Homeland), Lily Rabe (American Horror Story: Asylum), Alison Brie (Community), Kristen Bell (House of Lies), Aubrey Plaza (Parks and Recreation)…

.

Melhor Ator Coadjuvante:

Max Greenfield, New Girl

Ed Harris, Game Change

Danny Huston, Magic City

Mandy Patinkin, Homeland

Eric Stonestreet, Modern Family

Comentários: A mesma coisa que disse pras atrizes coadjuvantes vale aqui também; só cinco atores entre TUDO que passa na TV? Impossível. Mas enfim, se o Mandy Patinkin não levar esse prêmio, podem deportar os críticos estrangeiros.

Omissões: Evan Peters (American Horror Story: Asylum), Jared Harris (Mad Men), Aaron Paul (Breaking Bad), Peter Dinklage (Game of Thrones), James Van Der Beek (Don´t Trust the B…. in Apartment 23), Martin Freeman (Sherlock), Bobby Cannavale (Boardwalk Empire)…

Sobre rodrigohaddad

Rodrigo Haddad é advogado, escritor, ator e diretor de teatro
Esse post foi publicado em Prêmios, TV e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s